(11) 98253-0920 Atendimento de segunda
a sexta, das 9h às 17h

Blog

Confira 4 dicas de estudo para a Magistratura Federal

Confira 4 dicas de estudo para a Magistratura Federal 

A Magistratura Federal é considerada uma das carreiras mais difíceis no meio jurídico. No entanto, é também uma das mais almejadas pelos candidatos. 

Por exigir bastante dedicação do aluno e domínio sobre os conteúdos, e por ter um processo seletivo tão complexo, algumas pessoas acreditam que passar nesse concurso com pouco de estudo é praticamente impossível. Mas, será que atingir esse objetivo é tão difícil assim ou existe um meio de acelerar o processo de aprendizado ao se preparar para a Magistratura Federal

É o que iremos descobrir... 

Veja, neste post, quais são os desafios que o aluno precisa superar para passar na prova para Magistratura Federal e 4 dicas que podem ajudá-lo a otimizar o aprendizado. 

Magistratura Federal: os desafios de passar na prova 

Ansiedade 

Sabia que a ansiedade é um dos sentimentos mais prejudiciais para o candidato? 

A falta de paciência, a preocupação excessiva e o medo constante afetam o desempenho do aluno, impedindo-o de absorver os conteúdos corretamente. 

Desmotivação 

Além da ansiedade, outro desafio que precisa ser superado é a falta de motivação. 

O concurso para a Magistratura Federal exige do aluno bastante esforço físico, esforço mental e dedicação. E como não há garantia de que ele vai passar na prova na primeira tentativa, isso pode acabar desmotivando o aluno a seguir em frente, lutando por seus objetivos. 

Desistência 

Como a prova exige o conhecimento avançado em leis e um preparo constante de estudo, muitos candidatos acabam desistindo no meio do caminho ou quando não atingem um bom resultado na prova. 

Quando isso ocorre, é porque não sabem que insistir estudando é um fator essencial para o alcance das metas. 

Dicas para se preparar para a Magistratura Federal 

Embora a prova para juiz federal seja bastante difícil, passar na fase objetiva, subjetiva e oral do concurso não é uma tarefa impossível. 

Vai exigir esforço e dedicação? Sim! Mas se é esse o objetivo do aluno não têm porque ele ficar desmotivado e nem desistir durante o percurso, não é? 

Tudo o que ele precisa fazer é organizar o seu tempo e manter o foco direcionado nas disciplinas. Também seguir as dicas abaixo, consideradas os pilares de estudo para a Magistratura Federal

#1. Caderno de estudos completo 

O concurso para juiz federal têm cerca de 100 questões objetivas e a divisão das disciplinas na prova é feita da seguinte forma: 

- Grupo 1: Direito Constitucional, Direito Previdenciário, Direito Penal, Direito Processual, Penal Direito Econômico e de Proteção ao Consumidor. 

- Grupo 2: Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Financeiro e Tributário. 

- Grupo 3: Direito Administrativo, Direito Ambiental, Direito Internacional Público e Privado. 

Por exigir uma série de conteúdos, o candidato precisa ter à sua disposição um caderno completo e atualizado para estudar na fase preparatória do concurso. Se possível, também recorrer a áudios e vídeo aulas para reforçar ainda mais o conhecimento. 

#2. Lei seca 

A lei seca aborda os textos normativos escritos e publicados pelos legisladores. Como essa legislação pode ser “pesada”, uma vez que é repleta de informações, estudar a lei seca é uma das maiores dificuldades do candidato. 

Para tornar o estudo mais simples na fase preparatória da prova é importante que o aluno busque informações atualizadas e, quando estiver lendo, destaque os pontos-chaves da legislação. 

Não só isso, deve ainda resolver questões sobre o assunto, ler livros e assistir vídeos informativos. 

#3. Jurisprudência 

A Jurisprudência envolve a interpretação das leis feitas pelos tribunais de uma determinada jurisdição. Por ser uma exigência na prova de Magistratura Federal, o aluno precisa sempre se manter atualizado sobre os informativos. 

Quando for estudar sobre jurisprudência, o candidato deve identificar o que é prioridade na legislação, dar preferência às teses atuais e elaborar uma lista de leitura para reforçar os conteúdos dia a dia. 

#4. Resolução de questões 

A forma mais eficaz do aluno verificar se está (ou não) absorvendo os conteúdos é testando os seus conhecimentos. E qual é a melhor forma dele fazer isso? Resolvendo questões de provas anteriores. 

Nesse caso, além de identificar tudo o que é pedido nos concursos, o candidato consegue ainda direcionar o foco dos seus estudos para as disciplinas que realmente importam. 

Ou seja, ele não precisa mais perder tempo estudando conteúdos desnecessários. 

Dicas extras 

Agora que você já sabe que ter um caderno de estudo completo, estudar a lei seca com afinco, se manter atualizado sobre a jurisprudência e fazer questões de provas anteriores são considerados os pilares de estudo para a prova de Magistratura Federal, que tal conferir outras três dicas que podem contribuir ainda mais para o seu desempenho? 

Mantenha a calma 

Decidiu se preparar para a Magistratura Federal, mas não sabe por onde começar e nem como estudar tantos conteúdos? Calma! 

Se desesperar não vai ajudá-lo a aprender mais sobre as disciplinas. O seu cérebro precisa de tempo para absorver todas as informações, então não exija mais da sua capacidade. 

Tenha paciência, estude com dedicação e aproveite o aprendizado, tudo ao seu tempo. 

Faça um roteiro de estudos 

Acha que está se perdendo no meio de tantas informações? Que tal montar um roteiro semanal de estudos para distribuir as disciplinas que você precisa estudar? O planejamento permite que você se programe com antecedência e direcione o foco para o que realmente importa. 

Além disso, ter um roteiro de estudos pode ajudá-lo a aumentar a sua produtividade. 

Acredite em si mesmo 

Você pode não acreditar, mas essa é uma das dicas mais importantes, sabia? 

Acreditar em si mesmo é o primeiro passo para você tornar um sonho possível em realidade. Por isso, sempre acredite no seu progresso, na sua capacidade e não desista! Se outras pessoas conseguiram, você também pode! 

Gostou das dicas? 

Já sabe como se preparar para a Magistratura Federal? Caso você tenha ficado com dúvidas, entre em contato conosco! Ou, se preferir, continue lendo o nosso blog para ficar por dentro de todas as novidades sobre concursos públicos.

Sobre o Autor

Caio Vinícius Sousa e Souza

Procurador do Estado do Piauí (8º lugar), aprovado na PGE/BA. Mestre em Direito Constitucional (UFPI). Coordenador e coautor do livro "Curso de Peças e Pareceres - Advocacia Pública - Teoria e Prática" pela Editora JusPodivm. Coordenador e coautor da Coleção Doutrinas Essenciais - Procuradorias. Coautor de várias obras jurídicas especializadas.