(11) 98253-0920 Atendimento de segunda
a sexta, das 9h às 17h

Carreiras

Ministério Público Federal

É induvidoso que a Constituição de 1988 desenhou o perfil que hoje apresenta o Ministério Público. Embora se tratando de Instituição em constante mudança, é a Carta Cidadã de 1988 quem traça suas diretrizes, afastando-o, de vez, de qualquer papel representativo do Estado para assumir, indisputavelmente, a função de defensor da sociedade. É a exata dicção do art. 127, caput, da CF: “O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses socais e individuais indisponíveis”.

Inegável, portanto, a confiança depositada na Instituição pelo Constituinte, reconhecendo no Ministério Público um dos canais que a sociedade pode dispor para a consecução do objetivo estratégico da República brasileira, qual seja, a construção de uma democracia econômica e social. A trajetória traçada historicamente pela Instituição habilitou-se à representação dos interesses sociais e dos valores democráticos. Nessa perspectiva, a Constituição de 1988 consolidou o novo perfil político-institucional do Ministério Público, definindo o papel essencial que deve desempenhar numa sociedade complexa, na defesa do regime democrático, da ordem jurídica e dos interesses sociais e individuais indisponíveis, instrumentalizando-o para tais fins.

Extensivo

O programa tem como norte a transmissão organizada de conteúdo jurídico. Isso nos diferencia no mercado brasileiro, pois não oferecemos apenas planejamento. Ao contrário, preenchemos o plano de ação do aluno com conteúdo, por meio de materiais de apoio, resumos, roteiros de revisão e simulados. A ideia, então, é conduzir o aluno em uma linha reta de preparação, com planejamento semanal e ministração de conteúdo jurídico.

O objetivo do Curso Extensivo MPF é permitir que o aluno construa uma base sólida de conhecimento jurídico, que o possibilite competir em médio prazo nos concursos de promotoria. Em razão disso, no programa extensivo, a leitura e revisão de livros guiará a execução das metas, que também contemplarão o estudo da jurisprudência, da legislação e a resolução de simulados. 

Retas Finais

A metodologia Reta Final é desenvolvida em períodos subsequentes à publicação dos editais de abertura e possui como preocupação fundamental a revisão dos principais pontos do conteúdo programático. Diferente dos programas extensivos, nos retas finais, em razão da comum exiguidade de tempo entre a publicação do edital e a data da realização das provas preambulares, o estudo é primordialmente horizontal, sendo aprofundados apenas os temas mais relevantes passíveis de cobrança, de modo que o aluno tenha tempo para ter contato com todas as disciplinas.

Nos retas finais, por isso, o fator tempo assume relevância significativa, guiando, em boa medida, as ferramentas a serem utilizadas no programa, que dispensa especial atenção ao estudo da lei seca, da jurisprudência, da resolução de questões e da leitura de resumos esquematizados.

Rodadas

Não há dúvidas de que larga na frente o candidato que inicia a sua preparação de forma antecipada, dada a exiguidade de tempo entre o edital e a prova objetiva, bem como entre as fases do certame. Pensando nisso e sempre mirando a possibilidade de novos certames, as Rodadas propõem uma preparação extensiva focada na resolução de simulados de prova objetiva, discursiva e prática.

Todo conteúdo abordado será inédito e levará em consideração os temas mais recorrentes nos certames do Ministério Público Federal. As respostas dos alunos serão corrigidas de forma individualizada e detalhada por professores membros da carreira e multiaprovados em concursos do gênero.

Prova oral

Os Cursos de Prova Oral Themas são desenvolvidos para organizar e potencializar os estudos finais dos candidatos aprovados nas fases escritas. 

Nessa etapa da preparação, além da necessidade de revisão do conteúdo programático, fatores outros (extrajurídicos) assumem relevância significativa. O candidato, dessa forma, deve estar preparado não somente sob o aspecto jurídico, mas também linguístico, comportamental e psicológico, sendo estas as ferramentas a serem desenvolvidas e treinadas nos programas.

O Curso possui duas modalidades: 1) PRESENCIAL, 2) VIRTUAL, a ser realizado via Skype, com 5 (cinco) encontros, nas datas combinadas com os professores responsáveis. Existem ainda a possibilidade do aluno contratar as duas modalidades; (PRESENCIAL + VIRTUAL), realizando dessa forma uma ampla preparação para essa fase do concurso.

Coordenador

João Paulo Lordelo

Procurador da República aprovado em 1º lugar no 27º Concurso Público para membros do MPF. Membro auxiliar da Procuradoria-Geral da República. Pós-doutorando em Direito pela Universidade de Coimbra. Doutor em Direito pela Universidade Federal da Bahia. Mestre em Direito pela Universidad de Sevilla e pela Universidade Federal da Bahia. Ex-Defensor Público Federal. Aprovado em diversos concursos públicos, entre eles o de Juiz de Direito do Estado da Bahia (TJ-BA), Procurador do Estado de Pernambuco (PGE-PE), Defensor Público Federal (DPU) analista e técnico do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia.